Espetáculo terá sua última sessão hoje no Espaço Cultural Renato Russo, em Brasília. Uma obra providencial para os novos tempos do Brasil.

Sob a condução do experiente Leno Sacramento (Bando de Teatro Olodum), “V de Viado” é um espetáculo para quem vive as situações e também de aprendizado de respeito sobre alteridade. A obra baiana passa brevemente por Brasília trazendo em seu enredo questões comuns ao universo dos gays e apresenta-se como modelo de resistência em tempos de intolerância por qual o país passa.

A personagem Victor reverbera vozes gays, a partir de vivências do racismo e da homofobia, a partir da experiência de um jovem gay, negro, de uma família evangélica. Com encenação de Vagner Jesus, texto e direção de Leno Sacramento, é sucesso na Bahia desde as primeiras apresentações.

“Nos vemos diante do espelho, recompomos nossas identidades a partir da imagem e continuamos. Seguimos.” – explica Vagner Jesus, num convite a (re)existir com seu ato estético e ético. “Convite a estar em cena, dentro e fora do teatro, sendo e estando quem se é, sem medo de sambar, sonhar e sorrir”. V de Viado tem berro, tem close, glitter, música e recursos cênicos pensados e utilizados com afronte para contrapor ofensas, julgamentos, dissolver a negatividade dos estereótipos em afetividades, autocuidado, amor, recompor identidades para melhor continuar e seguir, sem medo de ser quem é.

Para quem quiser conferir a última sessão, basta passar hoje no Espaço Cultural Renato Russo, às 20h. A meia entrada custa R$10,00 e a classificação indicativa é de 14 anos.

Ingressos antecipados: http://bit.ly/VdeViado.

Contato de Imprensa: Daniela Luciana – Paó Comunicação – 61 98179-9316

FICHA TÉCNICA:
Atuação: Vagner Jesus
Texto e Direção: Leno Sacramento
Assistência de Direção: Alonso Natuza
Ligth Designer: Marcos Dede
Trilha: Vagner Jesus