A exemplo do Viva Play e Globo Play, o SBT lança seu serviço streaming com atrações antigas e recentes.

Chamado de SBT Vídeos, o serviço conta com vários quadros, programas e novelas da emissora. No entanto, todos ainda são bem recentes e ligam para um player do YouTube. No site, já foram postadas novelas que jamais foram reprisadas pelo SBT, como Revelação (2008) e Amor & Revolução (2011). Também estão disponíveis as tramas infantis e a adaptação da novela Esmeralda (2004), a única do período de adaptações mexicanas disponíveis.

Programas e quadros foram separados e ganharam sessão própria, como o teste de DNA do Programa de Ratinho. No entanto, versões mais antigas não estão disponíveis. Apenas as produções de atrações em 2019 já estão catalogadas no streaming.

O player não é próprio. O SBT decidiu usar o YouTube como plataforma. A tática é comum: usa-se um link não listado dentro do site e publica-se diretamente na página ligando ao YouTube. Vale lembrar que o SBT tem grande poder na plataforma, sendo o canal de TV mais visto na plataforma em todo o mundo.

No site, não existem informações de como funcionará o serviço de streaming. Antes do lançamento, a ideia era cobrar um valor de R$ 5 para quem quisesse ter direito ao acervo do SBT. A emissora também confirmou que a informação de que o site que está no ar não é uma versão final e que deve sofrer alterações.

Com informações do Observatório da Televisão.

Últimos posts por Redação | GazetaBrasilia.com.br (exibir todos)