Ter parto normal sempre foi um desejo desde que soube da minha gravidez. Mas infelizmente o nascimento do meu filho não foi da forma que idealizei… Passando por uma cesária de última hora, Raziel Scartazzini Lima Vilela veio ao mundo 21:43 do dia 13 de setembro após 12 horas de tentativa sem intervenções. 

Mas depois de mais de um mês da maior cirurgia que já realizei na vida, posso concluir que, apesar de uma recuperação mais demorada, um parto cesária além de tão especial quanto o normal, pode ter uma recuperação tranquila e até rápida. 

Relato isso porque foram poucas coisas da minha rotina que tive que abrir mão durante esse processo que não atrapalhou nem na amamentação. Hoje,  além de não sentir dores no local, vejo como a cicatriz do corte está cada vez menos aparente.

Assim como eu tive, acredito que várias mulheres tem receio e até mesmo medo do parto cesária por conta de todos os riscos e cuidados que essa opção ou única saída possui. Mas esse relato soma-se aos dados que podem tranquilizar essas mães ao encararem a tarefa de dar a luz. 

Posso concluir que a dor, dificuldades e receios são detalhes quando vivemos a incrível experiência que é ter um filho. Somando-se a minha rotina e sonhos, Raziel hoje me acompanha nessa aventura chamada vida! Para acompanhar momentos especiais, fofos e até cômicos, segue lá no instagram: @janainascartazzini.

Últimos posts por Janaina Scartazzini | Colunista de Variedades (exibir todos)