Do total de 90 mil unidades entregues no primeiro lote de face shields, 40 mil serão produzidas e doadas pela Mondial em colaboração com o CoronaVidas.net, Instituto Recônvaco e E-nable Brasil. Outras 50 mil serão fabricadas pela Injeplast graças ao apoio das empresas MD Wood, Braskem, Chiacchio, CIFS, Brasfrut e Klabin

O CoronaVidas.net não para!
Temos algumas grandes novidades para contar para vocês. A primeira é que estamos colaborando com a Indústria Mondial – fabricante de eletrodomésticos. A expectativa é produzir cerca de 40 mil unidades de protetores faciais. Deste total, 20 mil face shields já foram entregues para unidades hospitalares. A empresa desenvolveu seu próprio molde de injeção de plástico e vai utilizar matéria-prima própria para produzir as barreiras mecânicas contra respingos, que vão ser embaladas e encaminhadas para a Sesab. A ação também tem apoio do Instituto Recôncavo de Tecnologia e da e-NABLE Brasil.
A segunda novidade é que temos um molde de injetora de plástico, produzido pela MD Wood. O molde custou pouco mais de R$ 23 mil e aumenta a capacidade de produção para 2.200 peças por dia. Ao lado da Indústria Injeplast, o CoronaVidas.net pretende fabricar aproximadamente 50 mil face shields com esse molde. Para que isso seja possível, a Braskem doou 2,5 toneladas de matéria-prima e a Chiacchio forneceu 3,5 toneladas de folha acetato. A Klabin doou 2 mil caixas para embalar o material. Instituto Pepo, Brasfrut, CIFS, Vipal, Tama, OL Papeis, VM Etiquetas, Gráfica Tradição e Fabrimalhas também estão entre as empresas que apoiam o CoronaVidas.net.


Doe e salve vidas
O projeto CoronaVidas.net tem feito entregas em todas as cidades em que está presente por meio dos hubs – comunidades virtuais. Apesar das doações para a entrega desse lote do projeto CoronaVidas.net, ainda precisamos de recursos e insumos para continuarmos produzindo os protetores faciais e ampliarmos nossa capacidade de entrega.
Nossa vakinha online continua aberta para contribuições de qualquer lugar do País para 11 cidades espalhadas por 3 estados do Brasil – Amazonas, Rio de Janeiro e São Paulo, além da Bahia, onde o projeto teve início. O objetivo é produzir cada vez mais protetores faciais contra respingos para proteger nossos profissionais de saúde da rede pública. Participe!
Doe, divulgue ou seja voluntário.
Nos ajudem a salvar vidas!

Mais informações:
Site: www.coronavidas.net
Instagram: @coronavidasoficial
Contatos coordenação geral:
Leandro Brito – UFOB 71 9 8101-0030
Fábio Barreto – IFBA 71 9 9665-8090
Antônio Cordeiro – IFBA / Unopar Candeias 71 9 99337-2043
Contato coordenador hub de São Paulo: André Souza 11 98207-7835 Informações adicionais podem ser obtidas pelo e-mail [email protected]
Release elaborado por Sheila Moreira e Fernanda Vasques Ferreira em

Últimos posts por Janaina Scartazzini | Colunista de Variedades (exibir todos)