Capital Federal terá capítulo especial em edição virtual e 100% gratuita

Nos dias 09, 10 e 11 de julho, simultaneamente, acontecerá a Campus Party, uma edição totalmente digital e gratuita que acontecerá entre em mais de 50 países. Serão 24 horas ininterruptas de palestras e experiências virtuais, além da realização de um hackathon global, o Reboot the Planet, que tem como objetivo desenvolver soluções tecnológicas que ajudem a atingir as metas traçadas dos 17 Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis propostos pela ONU. “Será um marco para Brasília sediar a Campus Party Mundial”, adverte Gilvan Máximo, Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF.

“Em função da pandemia decretada em decorrência do novo corona vírus tivemos que adiar todas as edições presenciais da Campus Party confirmadas para esse ano. Como forma de levar conteúdo e experiências aos campuseiros criamos essa versão digital com o objetivo de conectar todos os jovens inovadores ao redor do mundo usando a tecnologia para apoiar sociedade”, explica Paco Ragageles, fundador da Campus Party.

A versão digital contará um esforço de produção coletiva mundial e cada região terá um capítulo especial. Aqui no Brasil, a Campus Party Brasília encabeçará essa ação levando a todos os brasileiros e campuseiros internacionais o que há de mais inovador na região. “Ficamos muito tristes com o adiamento da #CPBSB já que esse é um evento que além de trazer conhecimento de qualidade para quem participa deixa um legado para a cidade. Por isso, quando surgiu a oportunidade de levarmos esse mesmo conteúdo de forma digital a um universo ainda maior de participantes aceitamos na hora”, explica Gilvan Máximo, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal.

A versão digital da Campus Party será totalmente gratuita e durante os três dias os campuseiros poderão vivenciar experiências imersivas. Serão disponibilizados centenas de palestras com transmissão ao vivo e on demand, com grandes nomes nacionais e internacionais. Além disso, como acontece em todas as Campus Parties, teremos hackathons, call for ideas, job Factory, entre outras atividades, com o principal objetivo de contribuir de forma ativa para superar a fase atual.

Todo o conteúdo será dividido em um Palco Principal e Global, que reunirá o conteúdo comum para diversos países e 5 palcos temáticos: Working Life (Employment & Economy); GreenPower (Clean Energy & Environment); Living Better (Health & Science); Joy of Live (Digital Entertaiment& Creativity) e New Horizons (Education & Cities). Cada país participante ajudará na programação desses palcos.

Edições presenciais adiadas

Em função da pandemia decretada pela Organização Mundial da Saúde, todas as edições presenciais da Campus Party foram adiadas. Entre elas estão a primeira edição da #CPAmazônia que ocorreria 18 e 22 de março na Arena Amazônia, em Manaus, a versão brasiliense do evento prevista para ocorrer entre 29 de abril e 3 de maio no Estádio Mané Garrincha, a edição nacional, que ocorreria entre 7 e 12 de julho no Expo Center Norte, em São Paulo, e a versão CPGOIAS2, que ocorreria em agosto, no Passeio das Águas Shopping, em Goiânia.

Campus Party Brasil

Entre os dias 2 e 6 de dezembro, o Estádio Mané Garrincha será palco da Campus Party Brasil 13. “Como forma de não deixar os campuseiros sem a realização de nenhuma Campus Party presencial esse ano, juntamente com o Governo do Distrito Federal, conseguimos uma nova data para a realização da #CPBRB13. Assim, especialmente esse ano, levaremos para Brasília a edição mais completa da Campus Party, com uma série de novas abordagens e novidades que estão sendo programadas”, complementa Ragageles.

Reembolsos

A partir dessa semana, todos os campuseiros que já compraram ingressos para as edições adiadas da Campus Party nesse ano receberão um email com as informações sobre os reembolsos de ingressos. Todos serão reembolsados integralmente.

Sobre a Campus Party

A Campus Party é o maior festival de Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados ao redor do globo. Tendo produzido edições nos seguintes países: Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. O evento está presente no Brasil há doze anos.

Últimos posts por Fernanda Caixeta | Casa da Redação (exibir todos)