PROJETOS GASTRONÔMICOS PROFISSIONALIZAM JOVENS E MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL

Os participantes recebem treinamento gratuito e, ao final dos cursos, são encaminhados para o mercado de trabalho.

A profissionalização de pessoas em situação de vulnerabilidade social é a chave para diminuir as desigualdades e aumentar as oportunidades de emprego entre os mais necessitados. Acreditando nisso, a Cazarrara: assessoria para restaurantes deu início a uma série de projetos sociais. Um deles está focado na profissionalização de jovens entre 14 e 16 anos para atuarem em estabelecimentos gastronômicos, como restaurantes e lanchonetes. O segundo projeto, que é parceiro da Cazarrara, é o Docinhos da Cidade, que capacita mulheres da Cidade Estrutural para produzirem doces.

PARA OS JOVENS – O curso de profissionalização de jovens é on-line e gratuito. Ao longo do treinamento, os jovens serão ensinados a como combater as várias formas de desperdício dentro de restaurantes e lanchonetes, a como fazer o atendimento correto aos clientes e como fazer a manipulação correta dos alimentos. Para a idealizadora do projeto, a consultora gastronômica da Cazarrara, Luciana Félix, a ideia é dar oportunidade de emprego para jovens em situação de vulnerabilidade social.

Como parte do projeto, os jovens serão encaminhados, posteriormente, à medida em que forem sendo aprovados no curso, para estágios em estabelecimentos de alimentação fora do lar. “Vamos disponibilizar os currículos deles para os empreendedores de estabelecimentos gastronômicos. O objetivo é que os donos de restaurantes e lanchonetes possam também comprar a causa e abrir as portas para esses jovens, por meio de estágios e empregos”, explica Luciana.

Os 18 jovens que estão participando da primeira turma do projeto são atendidos pela ONG Recanto Cristo Vivo, entidade social religiosa. A intenção é que outras instituições sociais também possam contar com o projeto para capacitar mais adolescentes. “Esse projeto é importante na vida dos nossos adolescentes, pois está dando a eles uma oportunidade de aprendizagem profissionalizante, dando uma perspectiva de um futuro melhor para eles e para a família deles. A principal alegria deles com o projeto é a possibilidade de já ingressarem no mercado de trabalho como jovem aprendiz, por isso, todos projetos como esse, que possibilitam a inserção dos adolescentes no mercado de trabalho são muito bem-vindos na nossa instituição”, ressalta o diretora-geral do Associação Recanto Cristo Vivo, Marlene de Souza Lima.

ONGs que trabalham com jovens em situação de vulnerabilidade social e que tenham interesse em participar do projeto podem procurar à Cazarrara. As inscrições também estão abertas para todos os jovens de instituições sociais que tenham interesse em se profissionalizar na área. A ação tem o apoio e parceria da Infinito Comunicação.

PARA MULHERES – O Docinhos da Cidade é outro projeto gastronômico que conta com a parceria da Cazarrara. A ideia é capacitar mulheres da Cidade Estrutural, que estejam em situação de vulnerabilidade social. Desde abril de 2017, quando a ação começou, 65 mulheres já foram capacitadas e encaminhadas para o mercado de trabalho. Atualmente, o curso de pipoca gourmet está com as inscrições abertas.

A idealizadora do projeto, a chef Janaína Matta, explica que depois de assistirem às aulas e passarem pelo processo de profissionalização, as estudantes recebem orientação do Sebrae e são encaminhadas para empresas que trabalham com a produção e comercialização de doces. Ela ressalta que a ideia de focar a ação em mulheres da Cidade Estrutural nasceu pela percepção dela em relação ao cenário social da região. “Eu já conhecia a Cidade Estrutural e sabia da existência de projetos de assistência no local, mas eu acredito em ações que ajudem a pessoa a ganhar autonomia financeira. E na Cidade Estrutural eu comecei a observar o alto índice de mulheres desempregadas e vítimas de violência doméstica, foi quando pensei no projeto Docinhos da Cidade, como forma de ajudar essas mulheres a terem uma fonte de renda e conquistarem independência”, explica Janaína.

Quem tiver interesse em conhecer mais sobre o projeto pode entrar em contato com a Docinhos da Cidade ou com a Cazarrara.

Serviço:
PROJETOS GASTRONÔMICOS PROFISSIONALIZAM JOVENS E MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL
Contato: luciana.cazarrara@gmail.com
Site: https://www.cazarrara.com/

Copyright© 2018 | Gazeta Brasília - Jornal Online de Brasília | contato@GazetaBrasilia.com.br