Festival Nacional de Teatro do DF anuncia os premiados

O Festival Nacional de Teatro de Bolso do DF, chega ao fim após uma semana de muita arte e cultura na cidade do Recanto das Emas.

Foto de Daniel Fama

Grupos de teatro de Brasília, Minas Gerais, Goiás e São Paulo fizeram parte da programação do festival, que contou com a apresentação de dois espetáculos ao dia, além de oficinas artísticas, debates entre atores, diretores, equipes técnicas e o público. Tudo de graça!

O 1º Festival de Teatro de Bolso surgiu através de uma ideia audaciosa do Grupo Teatral H2O, que aprovou junto ao Edital do FAC, da Secretaria de Cultura do Distrito Federal e abriu seleção nacional no começo de 2018 e selecionou oito espetáculos. A programação contou com espetáculos convidados e espetáculos que participaram da mostra competitiva. Ao, todo, foram reservados 9 mil reais em premiações para as categorias de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Diretor e Melhor Espetáculo. Confira os premiados

Melhor Direção:

Espetáculo “Absurdos”

O espetáculo dirigido por Djalma Ramalho recebeu a premiação de Melhor Direção dentre as obras apresentadas. A peça é uma coletânea de cenas inspiradas no Teatro do Absurdo e chama a atenção para temas como a vida contemporânea, a monotonia e a relação com os outros.

Melhor Atriz:

Fernanda Pimenta

A atriz apresentou a peça “Quando se abrem os guarda-chuvas”, Goiás. A atriz surpreendeu ao público na história de Conceição, uma senhora de 75 anos que recebe um telefonema de um amor da juventude, mudando o futuro que ainda lhe resta.

Melhor Ator:

Vitor Placca

O ator Vitor Placca se destacou na apresentação de “O Desmonte”, espetáculo paulistano que trata da chegada de tempos tristes em decorrência do fim de um relacionamento amoroso. Com um ótimo trabalho de corpo numa obra performática, Vitor representou um homem avesso a amigos e visitas, recebendo a visita inesperada de um rato.

Melhor Espetáculo

Foto de Daniel Fama

“Dias de Setembro” – O espetáculo do Núcleo O Ator Maestro/ SP foi eleito como atração de destaque. Na obra, um rapaz decide escrever uma carta para o ex-namorado. Na comédia dramática ou drama cômico, os espectadores interferiram de forma direta no espetáculo, vivendo com a personagem um pouco da derrota do amor idealizado. O solo é interpretado pelo ator Lucas Sancho.

Agora, a ideia é realizar novas edições do festival, que se tornou cativo na cena artística brasiliense, trazendo artistas como Claudio Falcão, Tereza Padilha, Renata Bittencourt e Djalma Ramalho para diálogo direto com artistas e o público local.

Para fechar com chave de ouro, a Cia. Teatral H2O confirma: Já está aprovada a segunda edição do Festival Nacional de Teatro de Bolso do DF para 2019.

Copyright© 2018 | Gazeta Brasília - Jornal Online de Brasília | contato@GazetaBrasilia.com.br